Plano é terceirizar administração dos novos serviços

Estima-se que seja preciso R$ 1 bilhão para o projeto, que deve ser concedido à iniciativa privada. "Respeitando o patrimônio, vamos fazer uma animação urbana de toda a área", diz Antonio Maurício Ferreira Netto, da Secretaria Especial de Portos. A expectativa do prefeito João Paulo Tavares Papa (PMDB) é de que o novo Porto Valongo coloque Santos definitivamente no cenário turístico mundial. Segundo Renato Barco, da Companhia Docas do Estado, a revitalização deve começar em um ano. /A.F.

O Estado de S.Paulo

15 de janeiro de 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.