Plano do governo prevê até porto na zona oeste de SP

Emblemático por seu emaranhado de pontes, o chamado Cebolão, sistema viário na confluência das Marginais do Tietê e do Pinheiros, na zona oeste, vai mudar. No futuro, um porto está previsto para funcionar ali. A intenção do governo é usar os rios para transporte, tanto de carga quanto de passageiros.

O Estado de S.Paulo

14 de dezembro de 2012 | 02h05

Vários modais seriam construídos ao longo dos dois cursos d'água, incluindo um para chegar, por ônibus, ao Aeroporto Internacional de Guarulhos.

No caso do Cebolão, uma área verde deverá ser construída ali. O projeto ficará pronto em 2014 e será divulgado assim que a ciclopassarela da USP for aberta. Para a intervenção, o Cadeião de Pinheiros, vizinho do complexo viário, poderá ser desativado, segundo o secretário estadual de Desenvolvimento Metropolitano, Edson Aparecido.

Uma grande área da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae) também pode ser usada no projeto, disse o governador Geraldo Alckmin. / C.V.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.