Plano de Doria prevê mais de 325 intervenções

O programa também lista a reforma de 147 unidades habitacionais para locação social e de 16 prontos-socorros, entre outras medidas

Adriana Ferraz, O Estado de S.Paulo

02 Abril 2017 | 03h00

Para cumprir os 50 compromissos assumidos para os próximos quatro anos, o prefeito João Doria (PSDB) terá de executar ao menos 325 obras, como a construção de 6 unidades básicas de saúde (UBSs), 40 creches, 19 instituições de longa permanência para idosos e 6 centros de reabilitação. O programa também lista a reforma de 147 unidades habitacionais para locação social e de 16 prontos-socorros, entre outras medidas. Não estão nesse cálculo as moradias populares nem os quilômetros de asfalto e calçadas.

A gestão coloca as obras como meio para cumprir as metas. A construção de 40 creches, por exemplo, integra o planejamento feito para elevar em 30% o número de vagas na rede para crianças de zero a 3 anos. As novas unidades fazem parte do projeto Nossa Creche, assim como o uso de prédios cedidos em comodato por empresas. 

Mais conteúdo sobre:
João Doria PSDB Nossa Creche

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.