Plano básico ainda não foi aprovado

Projeto das ciclofaixas em Moema, em análise pela CET desde outubro

Rodrigo Burgarelli, O Estado de S.Paulo

20 Janeiro 2011 | 00h00

O projeto da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de criar cerca de 15 quilômetros de ciclofaixas no bairro de Moema, zona sul de São Paulo, está parado nos gabinetes do órgão desde outubro. Naquele mês, a consultoria TC Urbes entregou o projeto básico, com a sugestão de trajetos e o modelo de compartilhamento de pistas que deveria fazer do bairro uma referência nacional em transporte por bicicletas.

"Até agora não obtivemos resposta da CET", diz o arquiteto Ricardo Corrêa, responsável pelo projeto na TC Urbes. A CET afirma que continua avaliando o documento, que ainda passa por estudos de impacto e de viabilidade, para definir a possível instalação - informação bem parecida com a que havia sido dada ao Estado em outubro.

Mesmo se aprovado pela CET, ainda faltarão algumas etapas até que as ciclofaixas realmente saiam do papel. O próximo passo seria fazer o projeto executivo com as modificações propostas pela companhia em conjunto com as plantas topográficas das ruas de Moema. Essa etapa, segundo Corrêa, deve demorar cerca de três meses. Depois, uma empresa teria de ser contratada para a execução das obras, que não têm previsão de duração.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.