Pitta não comparece à audiência pública e continua foragido

Defesa do ex-prefeito ofereceu R$ 5 mil mensais para Nicéa Camargo, que não aceitou a proposta

Rodrigo Pereira, de O Estado de S. Paulo,

27 de novembro de 2008 | 17h03

O ex-prefeito Celso Pitta não compareceu à audiência marcada para esta quinta-feira, 27, na 6ª Vara da Família no Fórum Central. Segundo a defesa de Pitta, o ex-prefeito continua foragido, viajando. Estiveram presentes a ex-mulher de Pitta, Nicéa Camargo, Roberta e Vitor Camargo, filhos do casal. A defesa ofereceu R$ 5 mil mensais para Nicéa Camargo, que não aceitou a proposta.   Nicéa Camargo ofereceu nesta quinta-feira, 27, recompensa de R$ 1 mil para quem trouxer informações que levem à prisão do ex-prefeito Celso Pitta. Nicéa teme que ele não compareça à audiência marcada para esta quinta na 6ª Vara da Família no Fórum Central, às 14h50. Segundo a filha do casal, Roberta Camargo, os advogados da família vão entrar com um pedido na Secretaria de Segurança Pública para que a recompensa também se estenda aos policiais. Procurado, o ex-prefeito não foi encontrado para comentar o fato.   Pitta teve a prisão decretada pela Justiça na semana passada por inadimplência no pagamento de pensão alimentícia. Ele continua foragido. Na segunda, a defesa apresentou proposta aos advogados de Nicéa para quitar a dívida, mas não houve acordo. A dívida com Nicéa é de R$ 100 mil, referentes ao atraso de 5 meses no pagamento da pensão - de R$ 20 mil mensais.

Tudo o que sabemos sobre:
Celso PittaNicéa Camargo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.