Pitbull ataca menino de 8 anos e casal é detido por negligência em SP

Criança pulou o muro de uma casa e foi atacada por dois animais; a irmã mais velha e seu namorado foram detidos

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

07 Julho 2014 | 16h15

SOROCABA - A irmã mais velha de um menino de 8 anos foi apreendida e seu namorado, de 20 anos, foi preso, depois que a criança pulou o muro de uma casa e foi atacada por dois cães da raça pitbull, na tarde de domingo, 6, em Tatuí, na região de Sorocaba. Com ferimentos na orelha, braços, pernas e barriga, o menino foi levado para a Santa Casa da cidade e submetido a uma cirurgia, mas passa bem.

A jovem, de 17 anos, e o namorado tinham sido incumbidos de cuidar da criança, depois que a mãe, Fabiana Santos, saiu de casa para trabalhar. O garoto, no entanto, foi para a rua e decidiu ir atrás de uma pipa. Para apanhar o objeto preso a uma árvore, ele pulou o muro da casa onde estavam quatro cães e foi atacado por dois dos animais. Os donos dos cães socorreram a criança e a levaram ao hospital. 

De acordo com a delegada Sonia Maria de Camargo, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), a adolescente e o namorado agiram com negligência nos cuidados com a criança, expondo-a ao risco. Com isso, incorreram no crime de abandono de incapaz. O rapaz continuava preso na tarde desta segunda-feira na Cadeia de Capela do Alto. A jovem estava detida na delegacia e aguardava manifestação da Justiça. 

Mais conteúdo sobre:
pitbull Tatuí São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.