Pit bull mata a própria dona e acaba sacrificado

Uma mulher de 39 anos foi morta no domingo, após ser atacada pelo próprio cão pit bull, em Coronel Fabriciano (MG), a 198 km de Belo Horizonte. Segundo familiares, ela havia saído para fazer compras e, ao voltar, encontrou o animal agitado e acabou atacada. Uma equipe dos bombeiros foi chamada e encontrou a vítima morta ao lado do animal. O pit bull também atacou os PMs e, por isso, foi sacrificado.

, O Estado de S.Paulo

01 Março 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.