Pista expressa da Marginal do Tietê é interditada por buraco

Solapamento, com cerca de 20 metros de profundidade, aconteceu durante a obra de ampliação; rodízio de carros é suspendo na capital, mas CET mantém o de caminhões e outros veículos pesados

Bruno Lupion, do estadão.com.br

01 de novembro de 2010 | 04h22

SÃO PAULO -  Um acidente na obra de construção do viaduto que ligará a Avenida do Estado à Marginal do Tietê, na zona norte da capital, interdita desde as 20 horas de domingo uma das faixas da pista expressa no sentido Castelo Branco, cerca de 300 metros após a Ponte das Bandeiras.

 

Veja também:

blog Blog do Trânsito - Acompanhe a situação

 

A parede lateral de um buraco de cerca de 20 metros de profundidade, aberto para a instalação de uma viga de sustentação, desabou, provocando o solapamento do asfalto em uma das faixas.

 

Nenhum operário se feriu e apenas essa faixa foi interditada, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Não há estimativa para liberação total da via.

 

Rodízio. A fiscalização do Rodízio Municipal de Veículos no horário de pico, das 7h às 10h e das 17h às 20h, está suspensa nesta segunda e terça-feiras, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). No entanto, continua valendo hoje o rodízio para veículos pesados, assim como a Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.