Pintor que atropelou ex-cunhada se entrega

Acusado de atropelar a ex-cunhada no último dia 9, o pintor Ademir de Souza Pinto, de 39 anos, se entregou na tarde de ontem no 83.º DP (Jardim Celeste), zona oeste de São Paulo. Ele era procurado desde que atropelou, aparentemente por engano, sua ex-cunhada, Andréia Ariceles da Silva Souza, de 34. Segundo depoimento da ex-mulher do pintor, Alessandra da Silva Souza, de 36, o objetivo seria atingi-la. Na sexta-feira, o Fiat Palio usado no atropelamento foi localizado por agentes policiais em Francisco Morato, na Região Metropolitana.

O Estado de S.Paulo

17 Abril 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.