Pintor é detido por abuso sexual; vítima é menina de 10 anos

Preso por atentado violento ao pudor, acusado terá o agravante da menina ser menor de 14 anos

Ricardo Valota, do estadao.com.br,

07 de agosto de 2007 | 08h25

Cláudio Moreno Feroldi, de 44 anos, foi detido na noite de segunda-feira, 6, por policiais militares no momento em que realizava sexo oral em uma menina de 10 anos dentro de seu veículo. O flagrante ocorreu na via paralela à Rodovia Anchieta, na altura do km 24, em São Bernardo do Campo. Em patrulhamento pela região, os policiais desconfiaram do veículo parado e verificaram que havia pelo menos uma pessoa nele. Ao ser detido em flagrante, Feroldi, que é pintor, foi encaminhado ao 1º Distrito Policial de São Bernardo do Campo.  Ferolfi foi indiciado por atentado violento ao pudor, com a agravante de que a menor tem menos de 14 anos. Segundo a polícia, a irmã do acusado é vizinha da mãe da menina, no Parque Seleta. O pintor teria encontrado a menina no bairro de Baeta Neves e ofereceu uma carona até a casa dela. Há também a versão de que a menina seria uma garota de programa. O pintor ficará preso na Cadeia Pública de São Caetano do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
prisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.