Pinheirinho: grupo faz invasão relâmpago

Um grupo de aproximadamente 200 pessoas, entre ex-moradores e líderes sindicais, fez uma invasão relâmpago na área do Pinheirinho, desocupada em janeiro em São José dos Campos, a 81 km de São Paulo. A ocupação simbólica teve o objetivo de pressionar as autoridades para a entrega das casas populares que o governo do Estado prometeu aos ex-moradores. Em agosto, o governador Geraldo Alckmin esteve em São José dos Campos e prometeu, em 15 meses, entregar 5 mil casas populares para desalojados.

O Estado de S.Paulo

03 Outubro 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.