Piloto morre em queda de monomotor

O piloto Vitor Ascânio Caldonazo, de 61 anos, morreu ontem às 9h30 quando o monomotor modelo Bonanza, prefixo PT-OIS, caiu quando ele tentava decolar do Aeroporto Bacacheri, em área residencial de Curitiba. O avião atingiu um escritório próximo à pista. Duas pessoas que trabalhavam no local saíram ilesas. No mesmo terreno há outra casa, onde três moradores também saíram sem ferimentos.

Evandro Fadel, O Estado de S.Paulo

03 Março 2011 | 00h00

Farmacêutico, Caldonazo pilotava aviões havia cerca de 30 anos. Seu destino ontem era Pará de Minas, em Minas Gerais.

Pouso de emergência. Pane em uma turbina em pleno voo interrompeu a viagem que uma aeronave da companhia panamenha Copa Airlines fazia entre Los Angeles e Cidade do Panamá, na tarde de terça-feira. O avião fez pouso de emergência em Guadalajara, no México. Ninguém ficou ferido.

O voo CM 473 levava cerca de 120 passageiros, inclusive brasileiros, que fariam escala no Panamá para voltar a São Paulo. O complemento da viagem estava previsto para a tarde de ontem. A aeronave apresentara problemas ainda em Los Angeles. Uma ave entrou na turbina quando o avião chegava à cidade, na segunda-feira. / COLABOROU UBIRATAN BRASIL

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.