Piloto morre e auxiliar fica ferido em queda de ultraleve no interior

André Luís Amaral foi levado à Santa Casa de Araraquara, mas não resistiu; Fernando Antônio Silveira de Freitas está em estado regular

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

29 Abril 2015 | 09h28

SOROCABA - Um ultraleve com dois ocupantes caiu na noite desta terça-feira, 28, no distrito de Bueno de Andrada, em Araraquara, região norte do Estado de São Paulo. O piloto André Luís Amaral, de 47 anos, que estava no comando da aeronave, morreu depois de ser levado para a Santa Casa de Araraquara. Segundo o hospital, ele teve fratura de bacia e hemorragia. 

O outro ocupante, Fernando Antônio Silveira de Freitas, de 38 anos, que também é piloto, teve trauma no tórax e passou por cirurgia no mesmo hospital. Seu estado era considerado regular na manhã desta quarta-feira, 29. 

De acordo com a Polícia Civil, a aeronave havia sido adquirida recentemente pelo dono de um aeródromo privado e estava sendo testada pelos dois pilotos. Eles tinham decolado havia 15 minutos e se preparavam para pousar, quando o ultraleve começou a girar e caiu próximo do aeródromo. As causas do acidente serão investigadas.

A aeronave passou por perícia da Polícia Civil e será vistoriada nesta quarta-feira por uma equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Mais conteúdo sobre:
Acidente Araraquara São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.