Piloto de avião que caiu em SP é enterrado

O corpo do empresário e piloto André Nestor Escobar Bertin, de 62 anos, que morreu anteontem em um acidente de avião na capital paulista, foi enterrado às 16h de ontem no Cemitério Parque das Flores, na zona sul de São José dos Campos, a 90 km de São Paulo.

JOÃO CARLOS DE FARIA, ESPECIAL PARA O ESTADO, SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, O Estado de S.Paulo

04 de junho de 2012 | 03h33

Por volta das 9h30 de sábado, Bertin decolou do Campo de Marte, na zona norte de São Paulo, no monomotor Embraer 711 Corisco. O avião caiu cerca de dez minutos depois na região de Parada de Taipas, também na zona norte. A aeronave, prefixo PT-KRF, estava com documentos válidos e manutenção em dia, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). As causas ainda são investigadas.

O enterro foi acompanhando por mais de 400 pessoas. Um grande número de coroas foi colocado sobre a sepultura do piloto, que era muito querido na cidade, onde era empresário do ramo de fibras para automóveis.

"Ele era uma pessoa muito bondosa, correta", disse um amigo da família, que não quis se identificar. Segundo esse amigo, o empresário era "muito cuidadoso" e "voava por hobby".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.