Pilar de boate cai e causa pânico em Passo Fundo

A queda de um pilar de sustentação da boate Tai Tzu Lounge, em Passo Fundo, no interior do Rio Grande do Sul, deixou duas jovens feridas e causou pânico entre os frequentadores, na madrugada de ontem. O acidente aconteceu um ano após a tragédia da Kiss, em Santa Maria.

Wálmaro Paz, Especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2014 | 02h04

As estudantes Michele Finger dos Santos, de 32 anos, e Marília Magni, de 23, foram feridas e levadas aos dois hospitais da cidade, onde foram medicadas. A boate que fica no centro da cidade foi interditada pelo Corpo de Bombeiros. Haverá perícia no local.

Posicionada de frente para o palco, Marília dançava durante o show de uma banda sertaneja. Era a primeira vez que a jovem ia à Tai Tzu Lounge. Ela foi atingida pelo pilar de concreto que caiu e deverá ficar imobilizada por duas semanas para se recuperar dos ferimentos nas pernas. Marília voltará para a casa do pais, em Tapera, a 80 km de Passo Fundo.

"Pensei que o teto iria desabar. Foi um susto muito grande, momentos de pânico. Lembrei da Kiss também, porque faz um ano que a tragédia aconteceu. Eu só pensava em sair o mais rápido possível dali", disse a jovem em entrevista à Rádio Gaúcha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.