Pico de trânsito ficou dentro do 'normal' às 10h

A cidade de São Paulo teve ontem os menores índices de lentidão desde a entrada em vigência das novas restrições ao tráfego de caminhões. O pico de congestionamento registrado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) foi às 10 horas, com 86,8 quilômetros de filas de veículos - mesmo índice da média máxima histórica. E a lentidão no pico da tarde voltou a ficar bem abaixo das médias históricas registradas pela companhia, como vem ocorrendo desde o começo da semana.

O Estado de S.Paulo

08 Março 2012 | 03h04

Dados mostram que o trânsito teve comportamento variado em cada um dos três dias de restrição, válida das 5 às 9 horas e das 17 às 22 horas (e das 10 às 14 horas aos sábados). Na segunda-feira, o trânsito aumentou um pouco em relação à média dos horários fora do pico, mas, anteontem, o trânsito havia ficado 195% pior do que costuma ocorrer às 11 horas. Ontem, às 19 horas, ficou 50% abaixo da média.

Vias importantes antes não tão carregadas de caminhões estão agora lotadas de veículos de carga depois do horário do rodízio. Ontem, entre 10h30 e 13 horas, a Avenida Salim Farah Maluf, que corta a zona leste da cidade, tinha pelo menos três pontos de parada - e excesso de caminhões. O mesmo se repetia na Avenida Luís Inácio de Anhaia Melo, sobretudo no sentido da Via Anchieta. Trata-se de uma rota importante em direção ao ABC paulista. / B.R. e N.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.