Mario Ângelo/Sigmapress
Mario Ângelo/Sigmapress

Pichador morre no centro de São Paulo após cair do 5º andar

Colega da vítima ficou pendurado em uma janela do prédio, foi socorrido pelos bombeiros e levado a uma delegacia de polícia

Diego Zanchetta, O Estado de S. Paulo

21 de novembro de 2014 | 11h57

Atualizado às 12h40

SÃO PAULO - Um pichador morreu na madrugada desta sexta-feira, 21, por volta das 3h50, após cair do quinto andar de um prédio localizado na Rua Vieira de Carvalho, na esquina com a Praça da República, no centro de São Paulo. O colega da vítima ficou pendurado na janela de um dos apartamentos e acabou socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado ao Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC), na Avenida São João, onde prestou depoimento como testemunha e foi liberado.

A vítima é o auxiliar de produção Laelson Costa de Oliveira, de 25 anos. O colega tem 26 anos, mas não teve a identidade revelada. O corpo de Laelson ficou na calçada da região da Praça da República, uma das regiões mais movimentadas do centro, ao lado da estação do Metrô, até por volta das 8 horas. O auxiliar de produção tentava subir até o sétimo andar do prédio, onde não ainda havia pichação.

Dezenas de curiosos se aglomeravam no entorno do corpo na manhã desta sexta-feira, para tentar descobrir o que havia ocorrido. Durante a madrugada, o resgate do pichador do quinto andar mobilizou seis equipes dos bombeiros. Ele foi retirado com escada colocada em posição vertical, a mais de nove metros de altura.

Tudo o que sabemos sobre:
São PauloPichação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.