PF terá posto para emitir passaporte em São Caetano

A Polícia Federal (PF) de São Paulo pretende inaugurar até o fim de outubro um posto de atendimento em São Caetano do Sul para emissão de passaportes. No local, poderão ser emitidos entre 400 e 500 documentos por dia.

Cida Alves, O Estado de S.Paulo

27 de agosto de 2011 | 00h00

A PF acaba de receber do governo federal verba de R$ 70 milhões para o setor de passaportes. Inicialmente, o valor será investido na compra de equipamentos para coleta de digitais e fotos e no pagamento de cadernetas fabricadas pela Casa da Moeda. Parte do dinheiro também será aplicada na modernização do sistema de informática usado pela PF. Com isso, os agentes pretendem diminuir a fila para obtenção do passaporte - que em julho chegava a três meses.

A PF não soube informar, no entanto, em quanto a espera será reduzida com os novos investimentos. Tampouco há previsão de contratação de pessoal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.