PF prende suspeitos de extorquir donos de postos de combustíveis em SP

Operação para desarticular quadrilha acontece em São Paulo, São José dos Campos e no litoral

Priscila Trindade, Estadão.com.br

31 de maio de 2011 | 11h34

SÃO PAULO - A Polícia Federal realiza nesta terça-feira, 31, a Operação Pré-Sal, com o objetivo de desarticular grupo criminoso que extorquia empresários do ramo de combustíveis no litoral norte de São Paulo. Três pessoas foram presas.

Setenta policiais federais, em conjunto com a Corregedoria-Geral, cumpriram 14 mandados de busca e apreensão nas cidades de São Paulo, São José dos Campos, São Sebastião, Caraguatatuba e Praia Grande. Um agente de PF foi preso durante a operação.

A investigação teve início há cinco meses a partir da denúncia de que o grupo apresentava documentos e imagens forjadas, induzindo empresários da região a acreditarem que estariam sendo investigados pela PF. Depois, eles exigiam dinheiro para suspender supostos inquéritos. Os envolvidas no esquema serão indiciadas pelos crimes de concussão, além de tráfico de drogas.

Mais conteúdo sobre:
posto de gasolinaPF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.