PF prende casal suspeito de aplicar golpes no seguro-desemprego

Os dois estavam foragidos da Justiça por fraudar o equivalente a mais de R$ 5 milhões e falsificação de documentos

Priscila Trindade, do estadão.com.br

19 Março 2010 | 16h23

 

SÃO PAULO - A Polícia Federal prendeu na manhã desta sexta-feira, 19, o casal Claiton e Adelina, em Parelheiros, na zona sul de São Paulo, suspeitos de aplicar golpes no seguro-desemprego.

 

Os dois estavam foragidos da Justiça por fraudar o equivalente a mais de R$ 5 milhões, além de falsificar documentos, como carteiras de identidade, carteiras funcionais, que servem para a identificação do funcionário, e formulários da Caixa Econômica Federal (CEF).

 

O casal foi detido dentro de casa. Com a chegada da polícia, Adelina tentou fugir, mas foi capturada. No local, foram apreendidas dezenas de carteiras funcionais falsas de diversos órgãos.

 

Durante a Operação Bismarck para combater fraudes em saques do seguro desemprego, que teve início em fevereiro deste ano, foram apreendidos mais de R$ 50 mil e cerca de 50 identidades falsificadas. O casal já era procurado desde a época da operação.

Mais conteúdo sobre:
seguro-desemprego casal Parelheiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.