PF prende agentes que apoiavam comércio ilegal em São Paulo

Operação para desmantelar quadrilha que envolvia policiais e comerciantes prendeu quatro

Priscila Trindade, estadão.com.br

02 de agosto de 2011 | 12h12

SÃO PAULO - A Polícia Federal prendeu quatro pessoas na manhã desta terça-feira, 2, envolvidas em caso de extorsão e corrupção na região da Rua 25 de Março, no centro de São Paulo. O intuito da Operação Insistência deflagrado nesta manhã é desmantelar uma quadrilha composta por policiais e comerciantes. Três dos suspeitos detidos são servidores da própria PF.

 

A investigação sobre o bando teve início há aproximadamente dois anos. Nesse período apurou-se que policiais federais recebiam pagamentos mensais de comerciantes para que deixassem de reprimir o contrabando e descaminho e os alertassem sobre futuras operações nos locais. No decorrer das investigações, foram apreendidos cerca de R$ 40 mil.

 

Ao todo, foram cumpridos 22 mandados de busca e apreensão e seis mandados de condução coercitiva (levar para prestar depoimento). Dezenove pessoas serão indiciadas, sendo sete servidores da Polícia Federal, um aposentado e comerciantes da região da Rua 25 de Março e Brás. Eles responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, concussão, contrabando e descaminho, cujas penas podem chegar a 12 anos de prisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.