PF prende 6 acusados de tráfico internacional de drogas em SP

Três búlgaros são presos por fazer parte da organização, que atuava no Leste Europeu traficando cocaína

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

06 de dezembro de 2007 | 10h13

Seis pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira, 6, em uma operação da Polícia Federal contra o tráfico internacional de drogas. A Operação Sofia foi deflagrada nesta manhã contra uma organização criminosa do Leste Europeu, estabelecida no Brasil e na Bulgária, que traficava cocaína de alto grau de pureza para a Europa e Oriente Médio. Foram cumpridos seis mandados de prisão temporária e oito de busca e apreensão expedidos pela 3ª Vara Criminal Federal de São Paulo. Segundo a PF, as prisões em São Paulo foram decorrentes de outras prisões ocorridas nos dias 2 e 6 de dezembro, com auxílio da Delegacia de Polícia Federal em Paranaguá. Cinco pessoas foram presas em flagrante, sendo três de origem Búlgara, no momento em que embarcavam 12 kg e 20 kg de cocaína (respectivamente) no navio de bandeira Búlgara chamada Petimata. O último carregamento de drogas interceptado em Paranaguá (20 kg de cocaína) teria como destino o mercado consumidor de Dubai, nos Emirados Árabes, local de alto valor da mercadoria ilegal. As investigações identificaram a participação de um advogado e um empresário de São Paulo na associação e financiamento ao tráfico Internacional de drogas. Um ex-policial, investigado anteriormente na Operação Têmis, também foi preso por integrar diretamente a Organização Criminosa. A operação contou com informações repassadas pela Interpol da Bulgária e a cooperação internacional do Consulado Geral Britânico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.