PF prende 13 por tráfico de arma, 3 do PCC

RIO

Marcelo Auler, Pedro Dantas, O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2010 | 00h00

Três paulistas que, segundo a Polícia Federal, pertencem ao Primeiro Comando da Capital (PCC) foram presos na Operação Patente, da Delegacia de Combate ao Tráfico de Armas (Delearm) da Superintendência da PF no Rio. Dos 16 mandados de prisão expedidos, 13 foram cumpridos até o fim da tarde de ontem, entre eles os de cinco integrantes do Comando Vermelho que atuavam em presídios.

Segundo o delegado Enrico Zambrotti, o bando tinha capacidade de traficar 15 fuzis quinzenalmente, além de pistolas, munição e drogas.

O principal paulista envolvido é Benedito Ramos, o Tinho, responsável pelo transporte das drogas e das armas das cidades de Capitán Bado, no Paraguai, e Coronel Sapucaia, em Mato Grosso do Sul. Ramos foi preso anteontem, no Aeroporto Tom Jobim. Sua mulher, Solange Sombra, e o parceiro dos dois, Anderson Tibério, foram presos ontem em São Paulo.

Ramos ia a uma reunião do grupo em um restaurante em Copacabana. No estabelecimento, a polícia prendeu o líder da quadrilha, Lenildo da Silva Rocha, o RD, da Favela Vila Ideal, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ele comandava o bando de dentro do Complexo de Bangu, onde cumpriu pena por tráfico. Ganhou liberdade há 10 dias.

Com ele foram presos a sua advogada, Eunice Fábio dos Santos, e dois moradores de Petrópolis ? Cristiana Ferreira Maurício da Silva e Pablo Xavier ?, cidade serrana onde o grupo pretendia invadir uma favela. Ontem, foi preso também o empresário de transporte de carga Luciano de Azevedo Ananias.

A interceptação de uma remessa de armas pelos agentes federais e policiais militares impediu a invasão. Em seis meses, foram detidas oito pessoas e apreendidos 140 quilos de maconha, 130 papelotes de cocaína, 13 pistolas, uma submetralhadora e diversos carregadores de fuzil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.