PF faz operação na véspera de jogo

TV A CABO ILEGAL

, O Estado de S.Paulo

25 de junho de 2010 | 00h00

Na véspera de um jogo da seleção brasileira, a Polícia Federal fez, ontem, uma operação para desarticular centrais clandestinas de TV a cabo. Batizada como "Gato de Botas", a operação prendeu cinco pessoas, entre elas um PM, e estourou duas centrais. A quadrilha cobrava R$ 30 por mês para distribuir a programação de TV a cabo em 30 bairros nas cidades de Volta Redonda, Barra Mansa e Barra do Piraí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.