PF combate venda ilegal de medicamentos pela internet

A chamada Operação Placebo quer reprimir venda de medicamentos falsificados

20 de julho de 2007 | 11h43

A Unidade de Combate a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal, com apoio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), realiza nesta sexta-feira a Operação Placebo.  O objetivo é combater a venda ilegal de medicamentos pela internet. Estão sendo cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão em Minas Gerais, Espírito Santo, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. As investigações apontaram que páginas da internet vinham comercializando medicamentos anabolizantes e abortivos, falsificados em laboratórios clandestinos. Também eram vendidos remédios que não causavam efeito algum - os chamados placebos. Fiscais da Anvisa acompanham os agentes com a responsabilidade de analisar os medicamentos. Quando necessário, expedirão multas ao responsáveis e lacrarão os estabelecimentos.

Tudo o que sabemos sobre:
AnvisaPolícia Federal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.