PF apreende avião com 400 quilos de cocaína em Ribeirão

Aeronave, localizada em canavial entre Altinópolis e Serrana (SP), havia saído do Paraguai

Rene Moreira - Especial para O Estado de S. Paulo,

10 de abril de 2013 | 15h41

 Um avião vindo do Paraguai com 400 quilos de cocaína foi apreendido pela Polícia Federal em Ribeirão Preto (SP) nesta terça-feira (9). Ele estava no meio de um canavial localizado entre as cidades de Altinópolis (SP) e Serrana (SP). No momento da apreensão, três homens faziam a segurança da pista e um deles acabou trocando tiros com a polícia. Ele estava armado com uma pistola nove milímetros de origem italiana.

Os três acabaram detidos, enquanto outros dois suspeitos, que estavam dentro da aeronave, conseguiram fugir pelo canavial. A quadrilha vinha sendo investigada e a ação contou com o apoio de um helicóptero da Polícia Militar. De acordo com Lindinalvo de Almeida Filho, chefe da Polícia Federal de Ribeirão Preto, os policiais foram recebidos a tiros pelos homens que estavam em um veículo Saveiro e davam cobertura ao avião.

Os três que foram presos são de Ribeirão Preto e o avião, modelo Cessna 206, acabou apreendido. Para a polícia, eles fazem parte de uma quadrilha de tráfico internacional de drogas que já vem agindo há tempos na região. O recebimento da droga por via aérea é facilitado pelos muitos canaviais que favorecem a abertura de pistas clandestinas de pouso. A polícia chegou ao local após saber que haveria uma entrega na tarde desta terça.

A PF vai investigar o grupo agora para tentar chegar ao seu líder. Ele não estaria entre os dois que fugiram e que seriam o piloto do avião e um ajudante. Os três presos não tiveram a identidade revelada, mas um deles seria mecânico, o outro, motorista e o terceiro, comerciante. Eles foram levados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Ribeirão.

Mais conteúdo sobre:
CocaínadrogasPF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.