PF apreende 25 toneladas de roupas contrabandeadas em SP

Casal que seria dono do material, provavelmente chinês, foi preso em Pirassununga; sócio da dupla está foragido

Brás Henrique, O Estado de S.Paulo

14 de outubro de 2008 | 17h31

Um casal foi preso na madrugada de desta terça-feira, 14, em Pirassununga, na região de Ribeirão Preto, pela Polícia Federal (PF). Os dois foram detidos com pelo menos 25 toneladas de roupas, provavelmente fabricadas na China, que estavam sem notas fiscais. A suspeita é que a mercadoria tenha sido contrabandeada pela Bolívia, passando por Campo Grande (MS). Agentes da PF de Campo Grande e Araraquara participaram da operação. A PF localizou as roupas num depósito no bairro Jardim Morumbi e em caminhões. Todo o produto apreendido foi transportado em cinco caminhões e numa van para o depósito da Receita Federal de Araraquara. A PF só divulgou as iniciais dos presos: R.M.B.S. é a mulher e O.P.S. é o marido. As prisões e apreensões ocorreram após uma denúncia anônima. Ele foi levado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Araraquara, e ela à Cadeia Feminina de Santa Ernestina. Um sócio do casal fugiu e está sendo procurado. A PF também irá investir o destino das mercadorias e há quanto tempo ocorria o contrabando.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.