GABRIELA BILO/ ESTADAO
GABRIELA BILO/ ESTADAO

Petista é reeleito presidente da Câmara Municipal de SP

Antonio Donato recebeu o apoio de 50 dos 55 vereadores; nenhum outro parlamentar se apresentou para concorrer ao cargo

Adriana Ferraz, O Estado de S. Paulo

15 de dezembro de 2015 | 15h33

SÃO PAULO - O petista Antonio Donato foi reeleito na manhã desta terça-feira, 15, presidente da Câmara Municipal. Neste ano, não houve disputa entre os parlamentares, já que nenhum outro vereador se apresentou para concorrer ao cargo. Ao fim da votação, Donato recebeu o apoio de 50 dos 55 vereadores - Mario Covas (PSDB), Andrea Matarazzo (PSDB) e Toninho Vespoli (PSOL) se abstiveram. 

A gestão de Donato foi marcada neste ano pelo projeto "Câmara no seu bairro", que realizou encontros entre moradores e parlamentares nas 32 subprefeituras da cidade. Mais de 12 mil pessoas participaram, segundo ele. "Foi a forma que encontramos para nos aproximarmos dos cidadãos ", disse. 

Para 2016, os objetivos são outros. Ex-secretário de governo do prefeito Fernando Haddad (PT), Donato afirmou que pretende agora abrir espaço na Casa para a discussão de temas relevantes da capital, como mobilidade, drenagem, lixo e educação, especialmente a oferta de vagas em creches. Mas tanto os debates temáticos citados por ele, como os trabalhos de discussão e votação de projetos de lei em plenário, devem se concentrar no primeiro semestre - ano que vem tem eleições para prefeito e vereadores.

Na composição da mesa diretora, a primeira vice-presidência ficou com Milton Leite (DEM), a segunda vice-presidência com Edir Sales (PSD), a primeira secretaria com Adolfo Quintas (PSDB), a segunda secretaria com Adilson Amadeu (PTB) e a corregedoria, com Dalton Silvano (PV), que já ocupa o cargo atualmente.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.