Pesquisa vai avaliar postos de saúde de SP

A Prefeitura de São Paulo vai começar a fiscalizar a qualidade do atendimento prestado nos postos de saúde e hospitais da capital. Portaria publicada ontem no Diário Oficial da Cidade instituiu o Sistema de Monitoramento e Avaliação de unidades e serviços da Secretaria Municipal de Saúde. O objetivo é avaliar a satisfação de usuários, o cumprimento das metas estipuladas por mês e o número de médicos em serviço, entre outros índices.

O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2012 | 03h05

O formulário desenvolvido para a pesquisa inclui ainda perguntas sobre tempo de consulta, faltas médicas e até limpeza de banheiros e existência de televisor nas salas de espera. O Município promete fazer o levantamento tanto em unidades administradas pela própria secretaria quanto em locais gerenciados por Organizações Sociais (OSs).

Os relatórios serão analisados por um grupo gestor a cada três meses. Segundo o secretário municipal da Saúde, Januario Montone, a ação se baseia nos "princípios da ética, da transparência, da imparcialidade e da isenção". A medida é uma antiga reivindicação dos movimentos de saúde, que reclamam da falta de fiscalização sobre as unidades gerenciadas por OSs. Hoje esse número passa de 50%. / A.F.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.