Prefeitura de Peruíbe/Divulgação
Prefeitura de Peruíbe/Divulgação

Peruíbe tem 400 desabrigados, bairro isolado e está em emergência pelas chuvas

No sábado, 18, três pedras de grande porte rolaram de uma encosta, arrastando lama, árvores e postes de iluminação, e interditaram o acesso do bairro Grajaú; aulas estão suspensas e

José Maria Tomazela , O Estado de S.Paulo

20 de maio de 2019 | 15h08

A prefeitura de Peruíbe, no litoral sul paulista, decretou estado de emergência, depois das chuvas que deixaram bairros alagados e populações isoladas no município. Somente entre sábado e domingo choveu 180 milímetros, superando a média histórica de todo mês de maio, de 126 mm. 

No sábado, 18, três pedras de grande porte rolaram de uma encosta, arrastando lama, árvores e postes de iluminação, e interditaram o acesso do bairro Grajaú. A comunidade está praticamente sem contato com a área urbana. Pode ser necessário explodir uma das pedras, de grande porte, que rolaram sobre a pista.

Na manhã desta segunda-feira, 20, a prefeitura contabilizava mais de 400 desalojados. As aulas estão suspensas em toda a rede escolar municipal. Duas escolas municipais - Álvaro Gaspar Ferreira Filho e Professora  Delcélia Joselita Machado Bezerra - foram transformadas em abrigos. O município está pedindo doações de alimentos, cobertores e colchões.

Para desobstruir a Estrada do Grajaú, a prefeitura pediu apoio ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e ao Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT). Os trabalhos devem começar hoje, já que o tempo melhorou na região. Os moradores improvisaram uma passarela para transpor o trecho a pé.

Vários bairros da cidade ainda estão alagados, mas a energia elétrica e o abastecimento de água foram restabelecidos. Algumas áreas ainda estão sem telefonia. Durante o fim de semana, os bombeiros usaram barcos para remover as famílias. A rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-55), que percorre grande parte do litoral sul, tem uma faixa interditada no km 361, altura de Itariri, depois que uma erosão causou o afundamento do asfalto. Uma equipe do DER já fez uma avaliação dos danos para iniciar os reparos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.