Pedro da Rocha/AE
Pedro da Rocha/AE

Perseguição policial termina com carro capotado na região dos Jardins

Um dos ocupantes do veículo quebrou o pé e o outro não se feriu; ambos foram presos por roubarem um rapaz momentos antes

Pedro da Rocha, do estadão.com.br,

15 de maio de 2012 | 05h51

SÃO PAULO - Uma perseguição policial que teve início nas proximidades da Rua Augusta, na região central de São Paulo, terminou depois de o carro dos assaltantes capotar na Avenida Nove de Julho, na região dos Jardins. Os dois suspeitos acabaram presos no início da madrugada desta terça-feira, 15, um deles com o pé quebrado.

 

A vítima, um rapaz de 18 anos que não quis se identificar, contou que andava, à 0h30 desta terça-feira, por uma via próxima à Rua Augusta, quando dois homens o abordaram, um deles com um revólver calibre 38. "Ele pegou o celular do meu bolso, mas eu não queria dar e puxei de sua mão. O assaltante, então, disse que se eu lhe desse R$ 100 não levaria o telefone", relatou.

 

Ao verem uma viatura da Polícia Militar (PM), os dois bandidos entraram em uma Fielder e fugiram. Houve perseguição e, ao tentarem fazer uma curva na Alameda Franca com a Avenida Nove de Julho, o veículo capotou. Os assaltantes foram levados para o Hospital das Clínicas, um deles com o pé quebrado.

 

O carro capotado não tem queixa de roubo. Um dos presos, de 25 anos, cumpre pena em regime aberto desde 2010. O caso foi registrado no 78º Distrito Policial (DP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.