Perseguição policial interdita Raposo Tavares; dois PMs ficaram feridos

Criminosos abandonaram o veículo e fugiram para uma mata; helicóptero da polícia ajuda nas buscas

Solange Spigliatti - Central de Notícias,

30 de novembro de 2010 | 11h26

SÃO PAULO - A Rodovia Raposo Tavares ficou totalmente interditada na manhã desta terça-feira, 30, na altura de Cotia, na região metropolitana de São Paulo, por conta de uma perseguição que deixou dois policiais militares feridos.

 

Segundo a PM, por volta das 9h30, a perseguição a um carro roubado começou por volta das 9 horas, quando os policiais foram abordar o veículo. Houve troca de tiros e dois policiais foram baleados. Não há informação sobre o estado de saúde dos feridos. Os bandidos conseguiram fugir para a Rodovia Raposo Tavares, que foi interditada pela polícia rodoviária estadual, na altura do km 17, sentido São Paulo.

 

Os bandidos abandonaram o veículo e fugiram para a mata. Uma equipe do helicóptero Águia, da PM, foi ao local para ajudar nas buscas aos criminosos. Equipes da polícia militar de Cotia, Osasco e Carapicuíba apoiaram a ação, mas não souberam dar detalhes.

 

Por conta da interdição, o congestionamento chegou a quatro quilômetros, segundo a PRE. A via já foi liberada, mas ainda havia tráfego intenso no local por volta das 11h15. O caso foi registrado no 75ºDP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.