Perita falta em audiência, foge e bate em viatura da polícia

Delma Gama foi contratada defesa do casal Nardoni, junto com George Sanguinetti, para fazer laudo paralelo

Heliana Frazão, especial para O Estado de S.Paulo

08 de setembro de 2008 | 21h43

A perita baiana Delma Gama faltou pela segunda vez consecutiva a audiência marcada para esta segunda-feira, 8, sobre o caso Isabella Nardoni. Ela ainda tentou fugir após ser submetida a uma perícia médica determinada pelo juiz auxiliar da 1.ª Vara, Cássio Miranda, para comprovação dos atestados médicos apresentados. Durante a tentativa de fuga ela chegou a bater em uma das viaturas da Polícia Civil que acompanhavam os peritos.   Veja também: Adiado julgamento de habeas do casal Nardoni no STJ STF nega quarto pedido de liberdade para casal Nardoni IC volta ao edifício London para fazer novas imagens A cronologia de todo o caso  Tudo o que foi publicado sobre o caso Isabella    A audiência estava marcada para as 9 horas, no Fórum Ruy Barbosa, em Salvador. Em razão da ausência da perita, o juiz exigiu a comprovação dos problemas de saúde atestados por Delma e determinou que uma junta médica fosse à casa da perita no período da tarde para analisar se ela teria condições de se locomover. Entretanto, segundo fontes policiais, na perícia não ficou comprovado qualquer problema que impossibilitasse a locomoção de Delma. Por esse motivo, ela deveria ser conduzida coercitivamente para depor.   Seu depoimento contestaria o laudo da perícia técnica do Estado de São Paulo que incrimina o casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá pela morte da menina ocorrida em março deste ano.   Segundo Miranda, uma nova audiência para que Delma seja ouvida já está marcada para a próxima sexta-feira, 12, no mesmo local. "Considero este um caso inusitado", disse o juiz, ao informar ter determinado também a instauração de inquérito para apurar se os atestados apresentados pela perita correspondem de fato a necessidades médicas. Delma é a última testemunha a ser ouvida sobre o caso Isabella.    A primeira audiência deveria ter sido realizada no último dia 21 de agosto. Na ocasião, o juiz Cássio Miranda já havia solicitado a comprovação dos motivos alegados para a ausência da perita. Delma foi intimada a passar por uma junta médica do estado, o que aconteceria no último dia 1º, mas ela também não compareceu.

Tudo o que sabemos sobre:
caso Isabella

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.