PERFIL

Indicação pessoal do vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), o promotor de Justiça Roberto Porto fez carreira no Grupo de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), onde participou de investigações polêmicas, relacionadas, por exemplo, à atuação da máfia chinesa em São Paulo e ao crescimento do Primeiro Comando da Capital (PCC). Ligado a movimentos de direitos humanos, tem o desafio de mudar o conceito da Guarda Civil Metropolitana, que sonha transformar em um grupo de ação comunitária.

O Estado de S.Paulo

29 Janeiro 2013 | 02h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.