Dilma Pena
Dilma Pena

Perfil: Experiência de Dilma Pena não ajudou na gestão da crise

Indicada pelo ex-governador Alberto Goldman, ela assumiu a presidência da Sabesp em 2011

Fabio Leite, O Estado de S. Paulo

24 de outubro de 2014 | 21h32


Indicada pelo ex-governador Alberto Goldman, Dilma Pena assumiu a presidência da Sabesp em 2011, início do governo Alckmin, com vasta experiência em planejamento nos governos federal e paulista, mas com pouco traquejo em gestão de crise. Foi ela quem pediu ao tucano para retomar o estudo das obras de ampliação da oferta de água em São Paulo, iniciado em 2008, quando era secretária de Recursos Hídricos, paralisado havia dois anos. O plano só foi concluído em outubro de 2013, quando a estiagem no Cantareira se agravou. 

Em janeiro, sugeriu um plano de rodízio ao governador, que cobrou uma alternativa ao racionamento. Em fevereiro, anunciou o programa de bônus, pouco eficiente diante do agravamento da seca nos mananciais. Em abril, com o retorno de Mauro Arce à Secretaria de Saneamento, perdeu espaço para o homem de confiança de Alckmin. Depois, desagradou a setores do governo ao prever o fim da água na CPI da Sabesp e após o vazamento dos áudios ontem. 

Tudo o que sabemos sobre:
Dilma PenaSabespSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.