Pelo menos 380 passageiros são desviados para Campinas

Ao menos 380 passageiros que deveriam desembarcar em Congonhas (zona sul de São Paulo) na noite desta terça-feira, 17, tiveram seus vôos transferidos para o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, interior de São Paulo, por causa do acidente com o vôo 3054 da TAM. Outros vôos foram desviados para Cumbica, em São Paulo, capital.Segundo as companhias aéreas informaram à Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), até as 22 horas foram realizados ao menos 12 traslados (11 ônibus e uma van) de Campinas para a capital.Muitos passageiros utilizaram serviços de táxi, ou recursos próprios, para se hospedar em Campinas ou viajar para a capital. O avião que fazia o vôo 3054 da TAM derrapou na noite desta terça-feira quando pousava no aeroporto de Congonhas e bateu contra um depósito da empresa, na avenida Washington Luís. Em Campinas não houve tumulto, embora o movimento entre 19h40 e 21 horas tenha sido intenso no saguão do aeroporto."A gente entende que não é culpa da companhia, mas nem por isso podemos ficar na rua", afirmou o consultor de metalurgia Samir Dias, 53 anos. Seu vôo TAM saiu de Goiânia, faria escala em São Paulo e seguiria para o Rio. "Falta governo. Viajo muito e vejo aeroportos internacionais do tamanho de todos os nossos juntos que não têm tanto problema." Dos sete vôos que deveriam chegar a Congonhas e pousaram em Campinas entre 19h35 e 20h21 de ontem um era da Air Minas, quatro da TAM, um da Pantanal e outro, da BRA. Até 22h30 a torre não havia registrado nenhum outro pedido para aterrissagem. A Infraero não tinha, até o mesmo horário, informação sobre o número de vôos que poderiam ser transferidos para o interior. O aeroporto de Campinas fica aberto 24 horas. Até as 22h30 a TAM não havia registrado nenhum tipo de ocorrência no balcão nem na sala de embarque. Nenhum parente de possíveis vítimas havia procurado a companhia em Campinas. Ainda assim, a TAM solicitou a presença de um segurança em seu posto de atendimento, em Viracopos. Segundo informou a Infraero, a Gol Linhas Aéreas deu preferência para a TAM alternar para Campinas os vôos que iriam para Congonhas. A Gol está alternando seus vôos, segundo a Infraero, para os aeroportos Galeão (Rio), Guarulhos (São Paulo) e Confins (Minas Gerais).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.