Divulgação
Divulgação

Pelo Interior: Grupo quer comprar o Pão de Açúcar paulista

Rocha no município Torre de Pedra-SP lembra famoso morro do RIo de Janeiro

José Maria Tomazela,

02 de maio de 2012 | 14h35

TORRE DE PEDRA

Grupo quer comprar o Pão de Açúcar paulista

Um grupo da capital paulista planeja a compra da área em que se localiza a formação geológica que dá nome ao município de Torre de Pedra, na região de Itapetininga. A rocha (foto) é conhecida como "Pão de Açúcar paulista", por causa do formato semelhante ao do famoso morro carioca.

O objetivo da compra é transformar a área em um complexo turístico.

A rocha tem fendas para escaladas e o local já é usado para o treinamento de alpinistas.

Distância da capital: 162 km

Como chegar: km 168 da Rodovia Castelo Branco

Altura da pedra: 75 metros

PALESTINA

Moradores pedem proteção para Talhadão

Depois de comemorar o parecer técnico da Cetesb contrário à construção de duas hidrelétricas no Rio Turvo, os moradores de Palestina, no noroeste do Estado, querem agora o tombamento do lugar como patrimônio paisagístico natural. A Associação Salve o Turvo já encaminhou pedido de estudo ao Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat). A proteção incluiria o trecho do rio que vai das cachoeiras do Talhadão e de São Roberto, em Palestina, até a foz do Rio Turvo, em Riolândia. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) já se manifestou favorável. A empresa responsável pelo projeto das hidrelétricas analisa o parecer da Cetesb para decidir se entrará com recurso.

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

Prefeitura banca estudo para duplicar rodovia

Em uma iniciativa inédita, a prefeitura de São José do Rio Preto assumiu o estudo para a duplicação dos 18 km da rodovia federal Transbrasiliana (BR-153) que cortam o município. O documento de 3 mil páginas com o projeto executivo foi entregue ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), que fará audiência pública para anunciar a obra.

SOROCABA

Cidade terá estátua gigante de N. Senhora

O bairro de Aparecidinha, em Sorocaba, vai ganhar uma estátua gigante de Nossa Senhora Aparecida. A altura não está definida, mas a intenção é superar a maior imagem da santa do Estado, a estátua de 14,5 metros em Mongaguá, no litoral. O projeto tem o apoio do arcebispo metropolitano d. Eduardo Benes de Sales Rodrigues. Na base haverá uma sala de orações, mas não há prazo para a obra.

2 PERGUNTAS PARA...

Edson Aparecido, secretário estadual de Desenvolvimento Metropolitano

1. Como administrar os problemas decorrentes da concentração urbana no interior?

Estamos criando as aglomerações urbanas (modelo de gestão integrada). Os problemas são comuns a vários municípios e as soluções têm de ser integradas. Estamos oferecendo os instrumentos para isso. Questões como lixo e mobilidade devem ser planejadas.

2.Quais as regiões que serão aglomerações urbanas?

Já temos a de Jundiaí, com sete cidades, e estamos criando a de Piracicaba, com 22. A próxima será a de Sorocaba, também com 22 municípios.

Tudo o que sabemos sobre:
pelo interior

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.