Pela 1ª vez, Prefeitura fará estação de metrô

Gestão Haddad vai investir na construção do Terminal Jardim Ângela, da Linha 5-Lilás; Município deixará de apenas repassar verba à empresa

BRUNO RIBEIRO, CAIO DO VALLE, O Estado de S.Paulo

24 de fevereiro de 2013 | 02h03

Pela primeira vez desde que o Metrô passou a ser administrado pelo governo do Estado, a Prefeitura de São Paulo vai pôr dinheiro na construção de uma estação. A obra ficará no Jardim Ângela, zona sul, e será o ponto final da Linha 5-Lilás. As negociações já começaram entre as duas esferas administrativas, mas ainda não há prazo para o início da construção.

De acordo com a gestão Fernando Haddad (PT), a construção será tocada pelo próprio Metrô. A nova extensão da Linha 5, que atualmente opera entre o Capão Redondo e o Largo 13, em Santo Amaro, terá cerca de 4 km de comprimento e três estações: Parque Santo Dias, São José e Jardim Ângela.

Outro prolongamento, na ponta oposta do ramal, já está em andamento e seguirá, por túneis de 11,5 km, com 11 estações, até a Chácara Klabin. Com investimento de R$ 6,9 bilhões, o trecho deve ficar pronto em dois anos. A diretora de escola Ledjane Sousa, de 30 anos, trabalha na região e espera ser beneficiada. "Vou poder evitar os ônibus lotados."

Parceria. O secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, não deu detalhes do projeto nem disse quanto será investido no Metrô, que é de responsabilidade da gestão Geraldo Alckmin (PSDB). "O governo estadual fará o metrô até o Jardim Ângela e nós vamos fazer a estação com terminal de ônibus." A Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos não informou prazos nem custos.

O arquiteto e urbanista Cândido Malta vê como positiva a interação entre PT e PSDB. "Não deve haver picuinha", diz. Ainda de acordo com ele, é melhor a Prefeitura assumir uma contribuição específica, como uma estação, do que apenas repassar dinheiro, como fez Gilberto Kassab (PSD), ao entregar à empresa R$ 975 milhões.

Haddad quer investir nas Estações Cerro Corá, na Linha 2-Verde, e Lapa, na 3-Vermelha.

Nos anos 1970, o Metrô surgiu como empresa municipal e depois passou para o Estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.