Pedreiro sobrevive a queda de 36 metros em Curitiba e já recebe alta de hospital

O pedreiro Everson do Espírito Santo, de 30 anos, caiu anteontem de uma altura de 36 metros em uma obra na Rua Euclides da Cunha, no bairro Bigorrilho, em Curitiba. Ele sobreviveu e ontem deixou o Hospital Evangélico, onde ficou internado sem ferimentos graves, apenas com escoriações no rosto.

O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2012 | 03h08

A queda aconteceu entre o 21.º e o 8.º andar da construção, pelo fosso do elevador. Várias tábuas de andaimes amorteceram a queda. Após o acidente, a obra passará por uma vistoria. Testemunhas disseram que Everson não usava equipamentos de segurança.

Everson contou que trabalhava normalmente quando foi passar por cima do fosso do elevador, a proteção quebrou e ele começou a cair. "Só senti na hora em que parei naquele (andaime) que não quebrou", afirmou. Ele considerou o episódio um milagre.

Está prevista vistoria do Ministério do Trabalho ao local para checar as condições de segurança da obra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.