Pedreiro mata mulher e acaba preso em Diadema

Bêbado, marido teria se irritado com a esposa e a ferido com o cabo de uma enxada

Ricardo Valota e Paulo Maciel, do estadão.com.br,

28 Janeiro 2009 | 04h40

O pedreiro João Gonçalves da Silva, de 43 anos, foi preso, por policiais militares no Terminal de Ônibus de Piraporinha, em Diadema, no Grande ABC, no momento em que fugia, após matar a esposa, a dona de casa Jacira Gomes de Oliveira, 55.   O crime ocorreu por volta das 2 horas de terça-feira, 27, na residência da família, na Rua São Leopoldo, no Núcleo Habitacional Santo Ivo, no Jardim Nosso Lar. Bêbado, o pedreiro, que havia ingerido pinga com um amigo, irritou-se com Jacira durante uma discussão e se armou com o cabo de uma enxada.   Uma das filhas do casal, uma doméstica de 32 anos, ao passar pela manhã na casa da mãe, viu a dona de casa ferida. Os bombeiros foram acionados, mas não puderam ir até o local. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) apareceu horas depois.   Levada ao Hospital Público de Diadema(HPD), Jacira já teria chegado morta. Funcionários do hospital acionaram a Polícia Militar, que encontrou o pedreiro no terminal. Silva foi encaminhado ao 03º Distrito Policial de Diadema e autuado em flagrante por homicídio.

Mais conteúdo sobre:
Diadema homicídio assassinato

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.