Pedreiro mata amigo em bar na zona leste de São Paulo

Autor do crime era amigo da vítima; testemunhas disseram que ambos estavam alcoolizados

O Estado de S. Paulo

01 de junho de 2014 | 18h24

SÃO PAULO - Um pedreiro foi preso em flagrante na madrugada desse sábado, 31, após matar um amigo dentro de um bar em Guaianazes, na zona leste da capital. O autor do crime foi agredido por outros frequentadores do estabelecimento antes da chegada da Polícia Militar.

De acordo com o 53º Distrito Policial (Parque do Carmo), que registrou a ocorrência, o assassinato aconteceu depois de a vítima dar um tapa no rosto do pedreiro, de 59 anos. Os dois eram amigos e, segundo testemunhas, estavam embriagados.

Revoltado com o bate-boca e a agressão, o pedreiro foi em casa para buscar um revólver calibre 38, que usou para atirar no amigo. A vítima foi encaminhada para o Hospital Tide Setúbal, na zona leste, mas não resistiu aos ferimentos. O autor do crime teve ferimentos leves e foi levado ao Hospital Geral de Guaianazes, na mesma região, onde permanece internado.

Tudo o que sabemos sobre:
são pauloguaianazes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.