Pedreiro é suspeito de matar prostitutas

O pedreiro Alexandre da Silva, de 35 anos, suspeito de crimes em série, foi preso ontem em Juiz de Fora (MG). Ele é acusado pela polícia de estuprar e matar duas prostitutas e de violentar e agredir outras duas entre novembro e o início deste mês. O último crime ocorreu na terça-feira, quando uma garota de 20 anos foi agredida e estuprada. O delegado Carlos Eduardo Rodrigues disse que vai pedir a prisão preventiva de Alexandre.

, O Estado de S.Paulo

07 Janeiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.