Pedreiro é morto na frente de UPP

O pedreiro Marcelo da Conceição de Souza, de 48 anos, foi morto a facadas na frente da sede da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Providência, na zona portuária do Rio, às 20h30 de ontem. Segundo a PM, Marcelo saiu de casa para comprar créditos para o celular da filha, de 9 anos, quando foi abordado por assaltantes, que desferiram quatro facadas em seu abdome. Ele morreu na hora. Os criminosos fugiram. O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio.

O Estado de S.Paulo

26 Maio 2013 | 02h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.