Pedágio: começa teste de cobrança por km rodado

O governo do Estado começou ontem a testar com motoristas o novo sistema de cobrança de pedágio por quilômetro rodado na capital. Os testes são na Rodovia Engenheiro Constâncio Cintra (SP-360), entre Itatiba a Jundiaí.

O Estado de S.Paulo

10 Abril 2012 | 03h02

Segundo a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), o novo sistema depende da adesão de motoristas, que terão de instalar um chip no carro. O aparelho será detectado por antenas instaladas ao longo da rodovia, que vão determinar a distância percorrida pelo veículo.

A adesão, entretanto, não deve ser uma dificuldade. Ela é restrita a moradores de alguns bairros de Itatiba, como Champirra, Encosta do Sol, Parque da Fazenda e Venda Nova, que hoje precisam pagar o pedágio para ir ao centro da cidade (R$ 2 na ida e mais R$ 2 na volta). Com a mudança, pagarão R$ 0,60 por sentido.

Para adesão, que é gratuita, a documentação do carro tem de estar em dia. Ela pode ser feita no km 31 da estrada. Quem não aderiu continua usando a rodovia normalmente, parando na praça de pedágio. É o primeiro teste do tipo no Estado. / B.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.