Peça de caminhão mata motorista em estrada

ACIDENTE

, O Estado de S.Paulo

22 de outubro de 2010 | 00h00

A advogada Arlete Gimenes Almeida, de 44 anos, morreu ontem na Rodovia Assis Chateaubriand, em Martinópolis (SP), quando a lona de freio se soltou da roda de um caminhão, entrou pelo para-brisa de seu Renault e a atingiu na cabeça. A advogada morreu na hora e sua filha de 15 anos teve ferimentos leves. O motorista do caminhão não parou. "Às vezes, o motorista nem percebe que alguma peça soltou", disse o soldado Victor Manzoni, da Polícia Rodoviária. O caminhão não foi identificado e nem há pistas do motorista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.