Peão é suspenso por deixar bezerro paralítico durante prova em Barretos

Pedido de afastamento foi feito pelo Ecoa depois de análise das fotos da prova

João Paulo Carvalho , estadão.com.br

24 de agosto de 2011 | 18h29

SÃO PAULO - O peão Cesar Brosco foi suspenso por seis meses pela Associação Nacional de Bulldog (ANB). Ele participou de uma prova em que um bezerro sofreu uma lesão na coluna e ficou paralítico na última sexta-feira, 19, na Festa do Peão de Barretos, no interior de São Paulo. O animal acabou sendo sacrificado.

O pedido de afastamento do competidor foi feito por técnicos do Centro de Estudos do Comportamento Animal (Ecoa) depois de análise das fotos e imagens de sua participação na prova de Bulldog.

O relatório demonstra que a lesão da vértebra cervical do animal ocorreu por conta de uma manobra executada de forma irregular. Segundo os técnicos, foi um procedimento não permitido pelas regras.

"Ao animal iniciar o decúbito lateral direito (deitar do lado direito) a prova tem que ser interrompida. No caso, pelas fotos e imagens, o garrote deitou do lado direito ( sentido anti-horário) e o atleta encurvou o pescoço no sentido contrário, ou seja horário. Nessas condições há o risco de afetar o animal", diz o relatório da Ecoa.

A suspensão vigorará pelo prazo de seis meses impedindo o competidor de participar de provas organizadas pela ANB.

Tudo o que sabemos sobre:
BarretosANBFesta do Peão de Barretos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.