Paulistices

Um museu para fãs de ônibus

, O Estado de S.Paulo

23 de maio de 2011 | 00h00

Miniaturas de ônibus de diversas épocas (como o famoso Flecha Azul, da foto acima) são apenas algumas das atrações do Centro de Memórias da Viação Cometa, que fica na sede da empresa, na Vila Maria, na zona norte. O museuzinho tem itens como o kit de trabalho de motoristas antigos da companhia - óculos de sol, picotador de passagens, quepe, gravata com broche personalizado e chaveiro -, páginas de histórias em quadrinhos que tiveram a Cometa no enredo, radiocomunicadores, um motor de ônibus e até pequenos filmes institucionais sobre a empresa, que eram veiculados nos cinemas.

Também é possível ouvir a marchinha de carnaval que homenageou a companhia: Não adianta você fazer careta / Porque eu viajo somente no Cometa / Vou sentado, descansado e sem receio / Porque o Cometa não costuma fazer feio / E viajando ele é sempre o primeiro / Vai para Santos e Campinas sem parar / Vem pela estrada e vai até o Rio de Janeiro. Conhecer o local, por enquanto, é privilégio de funcionários e convidados - mas fãs de ônibus podem ligar para (11) 4004- 9600 e tentar agendar uma visita.

OLHA SÓ...

Poesia de bike. Desde o segundo domingo deste mês, um bicicletário está funcionando na Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura, na Avenida Paulista. Com 14 vagas, o estacionamento de bicicletas fica ao lado do café.

Parceria. O bicicletário da Casa das Rosas foi viabilizado graças a uma parceria com empresa do ramo de ciclismo. Por enquanto, o espaço ainda não foi inaugurado oficialmente, mas a julgar pela adesão dos usuários, a ideia pegou: a cada fim de semana, cerca de 30 bikes ficam estacionadas lá. Os ciclistas entram pela lateral da casa - empurrando, já que não podem pedalar ali dentro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.