Paulistices

Curiosidades do evento

Edison Veiga, O Estado de S.Paulo

11 de abril de 2011 | 00h00

EM TODAS AS EDIÇÕES

Balé: o campeão das Viradas

Entre as quase mil atrações já confirmadas para a 7.ª Virada Cultural, nos dias 16 e 17, uma se destaca pela presença constante: o Balé da Cidade de São Paulo, corpo artístico do Teatro Municipal, é a única a participar de todas as edições do evento. "A Virada é o momento em que até as pessoas que não se interessam por dança podem conhecer nosso trabalho", diz Lara Pinheiro, que dirige a entidade desde o ano passado. "Como somos uma companhia pública, tenho a preocupação de chegar ao máximo possível de pessoas."

Neste ano, o Balé da Cidade abre a programação do palco da Estação da Luz, às 19h15 de sábado, com a coreografia Divineia, inspirada no livro Estação Carandiru, de Dráuzio Varella. "É um trabalho ágil de dança contemporânea, bem interessante e com humor", promete Lara.

Contagem regressiva. Faltam cinco dias para a Virada Cultural. A partir de amanhã, o caderno Metrópole publica diariamente informações do evento e os destaques da programação, para você ficar por dentro e se agendar. Acompanhe!

O TAMANHO DA FESTA

Confira alguns números do evento:

917 atrações estão confirmadas

186 lugares terão atividades

R$ 8 milhões

foram investidos pela Prefeitura

26 h de programação estão previstas: entre 18h de sábado e 20h de domingo

4 milhões de pessoas: é o público da edição de 2010

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.