Paulistices

Curiosidades da metrópole

Edison Veiga, O Estado de S.Paulo

06 Setembro 2010 | 00h00

TUDO SE TRANSFORMA

Raio X velho? Recicle!

Instalado há três meses, um posto de coleta de chapas de raio X velhas no Hospital das Clínicas já arrecadou 950 quilos do material. O espaço, localizado no Instituto Central da entidade (Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 155, Cerqueira César, tel.: 11.3069-6000), recebe material de pacientes, profissionais e população em geral. Funciona das 8h às 17h.

Por conter o metal prata em sua composição, as chapas de raio X não devem ser descartadas juntamente com o lixo comum. O montante arrecadado no Hospital das Clínicas é encaminhado ao Fundo Social de Solidariedade do Governo do Estado. Na reciclagem, a prata acaba separada do plástico - e ambos podem ser reaproveitados.

Não é a primeira vez que o maior hospital de São Paulo se preocupa com o meio ambiente. Em janeiro, a instituição inaugurou um posto de coleta de óleo de cozinha usado. O produto arrecadado é doado a uma cooperativa de catadores de lixo da cidade e transformado em biodiesel. De lá para cá, mais de 400 litros de óleo usado já foram recolhidos.

Cores voadoras. Duas revoadas de pipas deixaram o céu paulistano mais bonito no fim de semana. No total, foram 3 mil papagaios: no sábado, em Guaianases, zona leste, e ontem em Santana, zona norte.

OLHA SÓ...

De olho na Copa. Diretor de Turismo e Entretenimento da SPTuris, Luiz Sales está convencido de que São Paulo é a cidade que mais vai ganhar com a Copa de 2014. "Dos 13 países europeus favoritos a participar da competição, dez têm voos diretos para cá", afirma.

Vender a cidade. Muitos turistas que vierem ao Brasil para assistir a jogos em outras cidades terão de passar por São Paulo. "Que ele aproveite um pouco, portanto", planeja Sales. São Paulo hoje está interligada, por meio de voos, a 48 cidades do mundo - responde por 65% dos voos internacionais que começam, passam ou terminam no Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.