Paulistanos encontram lentidão na volta do feriado prolongado

Castello Branco e Régis Bittencourt apresentam lentidão; Anchieta-Imigrantes não registra pontos de parada

da Redação,

25 de maio de 2008 | 19h25

Os motoristas que voltavam do feriado em direção a São Paulo, por volta das 19 horas, encontraram 35 quilômetros de lentidão na Rodovia Castello Branco. De acordo com a Viaoeste, concessionária que administra a estrada, dois pontos concentravam morosidade: um, de 10 quilômetros, entre os quilômetros 65 e 55, e outro, de 25 quilômetros, desde o quilômetro 53 até o quilômetro 28. O motivo é o grande número de veículos retornando à capital paulista, depois do feriado prolongado de Corpus Christi.   Veja também: Acompanhe a situação do trânsito rua-a-rua    Ao vivo: Castelo Branco-Raposo Tavares Ao vivo: sistema Anhangüera-Bandeirantes Ao vivo: Rodovia Presidente Dutra  Ao vivo: estradas que dão acesso ao litoral     Outra estrada com problemas é a Rodovia Régis Bittencourt, no interior de São Paulo. Durante a tarde, um acidente envolvendo um caminhão e um carro provocaram a interdição parcial da rodovia, na altura do quilômetro 354, em Miracatu. Conforme a Polícia Rodoviária Federal, os veículos já foram removidos, mas o acidente deixou reflexo de 20 quilômetros de morosidade, tanto em direção a Curitiba como para quem vem para São Paulo, devido ao excesso de veículos. Não há previsão para a normalização.   Já o Sistema Anchieta-Imigrantes prossegue sem grandes entraves para quem foi aproveitar o feriado prolongado no litoral. Conforme a Ecovias, responsável pelas duas estradas, morosidade maior é registrada apenas na antiga Rodovia dos Imigrantes, mas sem pontos de parada. Dos cerca de 270 mil veículos que viajaram para a Baixada nos últimos dias, 249 mil já voltaram para São Paulo, sendo 8.780 na última hora. O esquema de subida deve ser mantido até as 22 horas, dependendo da movimentação. A descida é feita apenas pista sul da Rodovia Anchieta. O retorno a São Paulo acontece pela antiga e pela nova Imigrantes e pela pista norte da Anchieta.   Vale do Paraíba   A volta do feriado prolongado foi bastante complicada na noite deste domingo nas estradas da região do Vale do Paraíba. Na rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP 123) no retorno de Campos do Jordão, a velocidade dos carros não passava de 30 quilômetros/hora e houve congestionamento e lentidão até a altura do posto da Polícia Rodoviária Estadual, no quilômetro 46.   Nas rodovias Tamoios e Oswaldo Cruz (SP 99 e SP 125), que ligam o Vale do Paraíba ao Litoral Norte, o retorno também teve tráfego intenso por conta do volume de veículos. Nos quilômetros 23 e 28, foi preciso que a polícia fizesse a Operação Pare e Siga, liberando as duas pistas para subida, na tentativa de desafogar o tráfego. De acordo com o DER (Departamento de Estradas e Rodagem) não houve acidentes graves. Carros quebrados ajudavam a complicar o tráfego.   Na via Dutra, no trecho de Taubaté, entre os quilômetros 101 e 107, por volta das 20 horas, o trânsito ficou bastante lento, por conta do volume alto de veículos.   (Com Simone Menocchi, de O Estado de S. Paulo)   Texto ampliado às 21 horas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.